Obter um diploma de graduação, ao que parece, nem sempre é motivo de felicidade. Pesquisa da CareerBuilder com cerca de 2.000 trabalhadores americanos com bacharelado mostra que 36% gostariam de ter se formado em outra carreira.

Além desse índice de insatisfação, 42% disseram que seu primeiro trabalho após a faculdade não estava relacionado à sua área de formação, e 32% afirmaram que nunca conseguiram uma vaga em sua especialidade.

Na percepção de 28% dos entrevistados, a demanda por um diploma de sua área caiu entre o momento em que entraram na faculdade e aquele em que concluíram o curso. Desses, 33% disseram ainda que foram obrigados a aceitar um trabalho de remuneração inferior fora de seu campo de especialização, e 32% declararam não ter conseguido emprego algum depois de formados.

A esperança, porém, ainda move a maior parte dos respondentes da pesquisa: 61% ressaltaram que ainda acreditam que vão encontrar o trabalho de seus sonhos.

Fonte: Valor Econômico