Você sabe qual é o limite entre a sua vida pessoal e a profissional?

 Embora comum, compartilhar a vida pessoal no ambiente de trabalho não é recomendado.

Conviver muitas horas por dia com as mesmas pessoas acaba gerando certa intimidade. Quando isso se repete durante anos, então, aí é que é mais difícil separar as informações da sua vida pessoal dos colegas do trabalho. Ainda assim, o especialista em carreira e gestão empresarial Max Gehringer, é categórico: a gente não deve contar os nossos problemas pessoais no ambiente corporativo.

Segundo ele, esse comportamento pode ser um sinal de que as relações pessoais podem estar um pouco deficientes. “Será que eu não tenho amigos ou parentes em quem eu confio? Uma pessoa querida para quem eu possa contar alguma coisa? Precisa mesmo contar para um colega de trabalho?” questiona. Para ele, “colega de trabalho é ótimo, mas não é amigo. São pessoas que trabalham juntas”, alerta.

Se a situação for a inversa e o seu colega insiste em partilhar com você os mínimos detalhes da vida particular dele, a sugestão de Gehringer é ser educado. “Se ele quer contar os dele, a gente ouve, mas não fica dando conselho, palpite, sugestão”, ensina. “Porque senão a pessoa volta, com um problema pior ainda”, adverte. A melhor solução, na opinião dele, é mudar de assunto o mais rápido possível.

Érica Abe