Talvez seja por ser considerada uma área muito tradicional, talvez seja uma herança de diretores passados, mas há muitas pessoas que não parecem se empenhar no marketing e na assessoria de seu escritório de contabilidade. É claro que você pode contar com clientes fiéis e com uma boa localização, mas a divulgação da sua empresa contábil vai além disso. Na verdade, a sobrevivência dela depende totalmente de sua reputação. Sem um departamento trabalhando no marketing e assessoria, a empresa morre aos olhos do cliente.

Isso pode parecer exagerado, mas não é. Não se trata apenas de publicidade, como muitos pensam. A área de comunicação de qualquer empresa serve para divulgar, sim, mas também para manter o público. As pessoas precisam estabelecer vínculos de confiança para então poderem dizer, de fato, que tem um público próprio.

No caso de um escritório de contabilidade, a confiança é absolutamente necessária. As pessoas estão procurando por um serviço que vai lidar diretamente com suas finanças, e não há nada mais assustador do que oferecer suas informações financeiras para um estranho. Isso é especialmente verdade quando se trata de outras empresas. Portanto, credibilidade é a palavra-chave!

Como me relacionar com o público?

O marketing do seu escritório de contabilidade deve ir além das imagens publicitárias básicas. É preciso desenvolver canais de comunicação com os clientes. Atualmente, isso é bem fácil; a internet está aí. Redes sociais são os melhores locais para mostrar que você está dando a cara a tapa, mostrando o seu trabalho e aberto para qualquer tipo de crítica ou sugestão. Se alguém procurar pelo nome de seu escritório e não encontrar, pelo menos, uma página no Facebook, ela já vai estranhar.

É importante, também, ter a noção do seu público-alvo. Não são todos que precisam de ajuda contábil, então não vale a pena investir em divulgação para os lugares errados. Identifique seus clientes: são mais pessoas jurídicas ou pessoas físicas? Qual a faixa etária? Qual o tipo de negócio com o qual eles trabalham? Mesmo que exista mais de uma resposta para essas perguntas, você estará criando algumas buyer personas (ou seja, perfil de consumidor) básicas. É a partir daí que você deve se comunicar.

Imagens, textos, tudo o que for postado está sendo veiculado para essas buyer personas. Tão importante quanto isso é não esquecer de que você está conversando com elas, também! Os funcionários encarregados de gerir as redes sociais e e-mails devem tratar com respeito e atenção todos que entrarem em contato. Se há uma crítica, responda. Se há uma sugestão, anote-a. Faça de tudo, menos deixar todos aguardando.

E fora do meio digital?

É claro que também existem clientes offline, e eles precisam da mesma credibilidade. Nesse sentido, vale a pena investir em eventos da área, para firmar o seu nome no mercado. Pessoalmente, oriente os funcionários a sempre tratarem os clientes cordialmente e a responder todas as suas perguntas. Você, como administrador, deve fazer o mesmo; procure estar o mais disposto possível a resolver transtornos e solucionar dúvidas. Em pouco tempo, você terá uma cartela de clientes fiéis.