Donos de negócios já começaram a contagem regressiva para a Copa do Mundo no Brasil, que será realizada em junho. Empreendedores de todas as áreas, principalmente aqueles da área de serviços, aumentam estoques e contratam profissionais temporários. Na pressa para se preparar, donos de negócios cometem erros de planejamento e podem ter prejuízo.

O especialista em mercado André Brunialti alerta para alguns cuidados que devem ser tomados na preparação para a Copa. O sócio fundador da consultoria de negócios Grupo Avanth, reflete que tudo deve ser analisado, até se a seleção vai mal em campo e sai do torneio antes das fases finais.

“A classe empresarial venderá bem com o resultado for positivo. Mas se o Brasil perder, a empresa pode ter problema” diz o consultor.

Além desse cuidado, Brunialti apontou quatro outros riscos para o empreendedor.

Considere o estoque consignado: “Quando o empreendedor imagina a Copa, ele automaticamente pensa em aumentar seu estoque, já que o esperado é que a demanda também aumente,” afirmou Brunialti. Apesar de achar importante incentivar o investimento, o especialista defende que ele seja feito de forma consciente. No momento de preparar seu estoque, o empreendedor tem a alternativa de negociá-lo de forma consignada com seus fornecedores. Dessa forma, se houver uma demanda menor do que ele imaginava, será possível retornar os produtos que sobrarem.

Atenção com contratos trabalhistas: Além de garantir o estoque, muitos serviços fazem contratações temporárias na época do evento esportivo. Para que o empreendedor não sofra posteriormente com demandas trabalhistas, ele deve se preocupar com a forma correta de contratação e deve estar atento aos contratos elaborados. “Existem diversas modalidades de contratação para que o empresário possa determinar o tempo de trabalho de seu funcionário,” disse.

Saiba como recorrer a empréstimos bancários: “O empreendedor muitas vezes busca financiamento nos bancos, mas precisa pesquisar bem o assunto para não serem cobradas taxas abusivas,” alertou o consultor. Além disso, ele aconselha analisar com cuidado condições e cláusulas no contrato e até contratar um consultor para não errar nessa hora.

Reinvista: Se o sucesso do evento for confirmado, o empreendedor também deve pensar em como aproveitará seu lucro. “Uma boa saída é aplicar a renda no próprio negócio para gerar um crescimento ainda maior.” O investimento pós-Copa não deve ser feito às pressas, nem com o compromisso de solucionar eventuais problemas do negócio imediatamente.